Current time: 07-12-2024, 04:07 PM Hello There, Guest! (LoginRegister)


Post Reply 
 
Thread Rating:
  • 1 Votes - 1 Average
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
LUX NAVIGATIONEM
02-16-2012, 04:25 PM
Post: #21
POM sustentável ?!?
Olá a todos (as)Heart

Começo por agradecer ao Jorge e ao Bruno por me terem vindo fazer companhia à Ilha do Farol!!! Big GrinCoolRolleyes
Fico como é natural apreensivo pelas noticias veiculadas até porque o vinculo actual do Director Técnico era suportado por financiamento próprio do IPDJ para, salvo erro, dois anos e que se encontrava suportado no curriculum profissional do António Aires. Enfim, mais um tiro nos pés que resulta de má gestão ou quiçá, digestão dos amigados!!!Blush

Mas vamos ao que verdadeiramente interessa e que é o estudo que irei conduzir à sustentabilidade da presente edição do POM!!! Pois é, decidi levar a cabo a empreitada de aplicar as mais recentes metodologias de avaliação de sustentabilidade dos eventos ao Portugal O' Meeting e irei conduzir por estes dias um trabalho experimental inédito em Portugal. Dodgy

Os trabalhos irão decorrer durante cerca de um mês e irão analisar o impacto económico, ambiental e social que o Portugal O´Meeting irá provocar em Viseu e Satão (concelhos onde se realiza) e em todos os interessados nele - organização, entidades oficiais, participantes, espectadores, população, etc...

Desconheço hoje Huh qual o sucesso que irei ter na recolha e no tratamento da informação mas tenho a certeza que me irei divertirBig Grin com a experiência, nem que seja pelos episódios que a novidade da mesma irá proporcionar!!! Para aqueles que tem interesse por estas coisas e estão devidamente registados no forum deixo-vos um exemplo do estudo económico (um dos 3 pilares da sustentabilidade) realizado pelos franceses por ocasião da taça do Mundo de Orientação Pedestre de 2010 em Anecy (no ano anterior ao WOC).

Até sempre e espero ver-vos por estes dias na floresta,Big Grin

Alexandre
le gardien de phare


Attached File(s)
.pdf  2011R, PSN, Retombee economique, WOC-Annecy2010.pdf (Size: 836.82 KB / Downloads: 14)
Find all posts by this user
Quote this message in a reply
03-27-2012, 12:46 PM (This post was last modified: 03-27-2012 12:47 PM by alix.)
Post: #22
O dinheirinho, que tudo justifica ??!!!
Olá a todas(os)Heart,

Tenho andado muito entretido a fazer contas e com pouco tempo para devaneios mas houve um facto que despertou a minha atenção no meio do nevoeiro que foi a queda da participação nacional nas nossas provas internacionais e isso fez-me recuperar um gráfico que vos apresentei há cerca de dois anos e que apresentava vários cenários "matemáticos", vulgo regressões polinomiais, em que uma delas apontava para a extinção da modalidade algures em 2013!!!!

[Image: EvolucaoOrientacao.jpg]

Será este o caminho que escolhemos trilhar, em que o dinheiro ou a falta dele, tudo justifica !!!! até a morte de uma modalidade que todos reconhecem fazer falta ao País ??!!

De facto, só a enormissima falta de vergonha de um conjunto nulo é que seria capaz de achar justificável exigir aos nossos jovens mais promissores contribuições monetárias impossíveis de reunir.... para poder treinar!!!! E isto, quando uma parte substancial do apoio concedido pelo estado à FPO deve ser exactamente aplicado na preparação (treino) dessas jovens promessas.!!!
Será que "esse dinheirinho" não estará a ser desviado para pagar sumptuosas ajudas de custo a dirigentes pouco promissores ??!!! e que, no final da festa, serão justificadas com as facturas das vossas despesas pessoais nos "treinos"...Humm, cheira-me a "esgoto"...!!! SmileWinkSmile

Jovens, rebelem-se, pois vosso é o tempo futuro e exijam explicações claras dos que em breve se desvanecerão!!!

Alexandre
Phari custos

P.S1: Para os que gostam de estudar x(1995)=0, para os outros paciência... tivessem estudado ....Wink
P.S2: Constou-me que um casal de "patos" (da Disney) ainda grasnam por ai, será que nunca mais nos livramos dessa peste "aviária" WinkWinkWink
Find all posts by this user
Quote this message in a reply
03-27-2012, 02:35 PM
Post: #23
RE: LUX NAVIGATIONEM
"Pior do que aquele que não vê, é aquele que não quer ver"

Já à alguns anos que deixei de ir a feiras, e pelos vistos nem preciso de ir, para encontrar alguns vendedores de BANHA DA COBRA.

Quadros e mais quadrinhos, todos muito bem planeados e elaborados acompanhados de discursos direcionados, podem camuflar muita coisa, para quem tem pouca experiência de vida (jovens), mas para quem já cá anda à uns anos, neste país a beira mar plantado, ouvindo todos os dircursos que uma dita classe nos presenteou, estes soam a um dejá veu, e neste tempo de vacas magras, quando a "esmola é grande o pobre desconfia"

Mário Duarte
Find all posts by this user
Quote this message in a reply
03-30-2012, 03:37 PM
Post: #24
Teriaga e outras medicações...
Olá a todas(os)Heart,

O meu coração rejubilou de esperança com o Post de ontem do Jorge Baltazar, afinal pode fazer-se luz neste canto nublado e triste onde está plantada a orientada aldeia!!! (...que nem a propósito a partir de hoje fecha definitivamente as portas a Mafra....)

Tremam pois os que se desvanecerão nas brumas do tempo pois ele já não vos retornará nem honra nem glória de que não serão seguramente merecedores ?!!!

Uma tirada verdadeiramente épica que espero motive os que estudam a tomar o poder aos caciques da aldeia ..... mas com muito respeitinho e contenção verbal nos blogues, entenderam!!! WinkWinkCool

Enfim, passemos agora ao serviço publico Idea de elucidação às "almas tresmalhadas" que aportam à ilha da luz sobre aquela que é a verdadeira natureza dos seus próprios pensamentos!!!

"Pior do que não ver, é não o querer fazer", assim rescreve-se a frase sem ofender e sem discriminar o digníssimo Presidente da Associação de Deficientes que dá guarida a alguns dos melhores orientistas nacionais e que não é seguramente mau porque é cego !!!!

Teriaga, é o verdadeiro nome do antigo antídoto que se utilizava no tratamento de mordeduras de cobra e outras doenças que provocavam alterações neurológicas e físicas graves e que utilizava carne de cobra em pó como um dos seus 64 ingredientes (alguns dele muito difíceis de obter).
Caído em desuso no final da idade média subsistiu o mito da sua eficácia que foi transferido para um unguento que resulta da mistura simples de gordura animal com pó de cobra a que se deu o nome popular de "banha da cobra". Uma mistura explosiva de ganância com ignorancia deu-lhe a popularidade e projecção que hoje granjeia entre os que não estudam.... SmileWinkTongue

Boas férias e melhor Páscoa,

Alexandre
די לייַכטטורעם היטער

P.S: Ontem tive oportunidade de trocar algumas impressões com o Dr. Diogo Guia (chefe de gab. do SEDJ) que me disse textualmente que a "mama" acabou porque já não há "leite" na vaca, o que paradoxalmente até podem ser boas noticias para a Orientação que infelizmente sempre só viu da vaca, as suas b/costas .... SmileTongue
Find all posts by this user
Quote this message in a reply
04-05-2012, 01:47 PM (This post was last modified: 04-05-2012 01:49 PM by alix.)
Post: #25
E finalmente, neste já longo caminho fez-se luz ....!!!
Olá a todas(os),

Pois é, chegados à fasquia das 7000 visitas (+/- 290 por Mensagem), é altura de fechar a "loja" e desejar boa sorte a quem vier por bem!!!
A razão é simples, estamos a pouco mais de 3 semanas da Assembleia Eleitoral que decidirá o futuro desta modalidade a 28 de Abril em pleno Parque Nacional - Peneda/ Gêres e não sendo eu candidato a nenhum órgão pareceria extemporâneo ter qualquer interferência no debate de ideias que desejo para a modalidade.

Sobre o processo eleitoral deixo-vos só um breve apontamento que me parece importante: ele será conduzido por alguém que seguramente garantirá justiça e isenção a quem tiver a coragem de apresentar publicamente as suas ideias para a modalidade, e por isso mesmo, asseguro-vos que qualquer proposta que surja será respeitada e devidamente considerada a escrutínio.

Sobre as razões deste ciclo de intervenções que agora termina e que, como se recordarão, surgiu em resposta à forma cobarde como a intriga e a maledicência aniquilaram um projecto sólido de reforma da Orientação e a submeteram aos caprichos de um conjunto de conhecidas personagens. No entanto, essas personagens a quem colectivamente umas vezes denominei por amigos, outras por amigados, outras por velhos do Restelo, outras por merceeiros, outras por conjunto nulo ou vazio, ... não passam na realidade de voluntários que tal como eu e outros aceitaram as responsabilidades e os riscos de conduzir esta jovem federação.

No entanto, não sejamos ingénuos ao ponto de pensar que somos todos beneméritos e que estamos todos a remar para o mesmo lado, porque isso seguramente não é verdade. Houve e ainda perduram casos de dirigentes que de forma traiçoeira se insinuaram muito interessados na vida da FPO mas que na realidade só pretenderam utiliza-la como escudo e\ou arma de arremesso contra o IDP e alguns dos nossos mais importantes stakeholders no caso do campo de Golfe do Jamor (estimo em mais de 150 000, 00€ (equivalente a dois anos de Orientação no Jamor) o prejuízo directo causado à Orientação por tais dirigentes). Desconheço, se hoje essas "aves" ainda continuam interessadas em usar a FPO em proveito próprio visto que me parece que, felizmente, não goraram nenhum dos seus principais intentos (o campo de Golfe está no Jamor para ficar e a Orientação não sucumbiu a nenhuma das suas propostas obtusas)!!!

Por fim, uma mensagem de esperança para os mais jovens, aqueles de quem a Orientação necessita esforço e empenho para garantir o seu futuro:
- somos uma modalidade desportiva com viabilidade económica mesmo em situações de extrema penúria financeira porque não temos custos fixos estruturais significativos (a nossa instalação desportiva é a Natureza),
- somos uma modalidade desportiva com viabilidade social porque levamos o desporto e os eventos aos locais mais remotos de Portugal e com isso contribuímos substancialmente para o reconhecimento da importância desses territórios e dessas populações,
- somos uma modalidade desportiva com viabilidade ecológica porque contribuímos para educar os participantes nas boas práticas ambientais e porque comparativamente a nossa pegada é francamente inferior à das outras práticas desportivas.

Ou seja, a Orientação é, de facto, uma das modalidades desportivas mais sustentáveis que se realizam em Portugal e por isso mesmo terá um futuro radioso ... sejamos nós todos capazes de o alcançar.

Até sempre ....

Um grande abraço do
Alexandre
Find all posts by this user
Quote this message in a reply
Post Reply 


Forum Jump:


Contact Us | OriOasis | Return to Top | Return to Content | Lite (Archive) Mode | RSS Syndication