Current time: 08-09-2020, 11:57 PM Hello There, Guest! (LoginRegister)


Post Reply 
 
Thread Rating:
  • 0 Votes - 0 Average
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
QCN - Sistemas de inscrições (formas, prazos de inscrição e preços)
07-29-2011, 06:16 PM
Post: #1
QCN - Sistemas de inscrições (formas, prazos de inscrição e preços)
Boa tarde a todos.

Depois de algum tempo de interregno, aqui fica um novo tema para debate.

O tema proposto hoje é: Sistemas de inscrições (formas, prazos de inscrição e preços).

Parte 1 - Inscrições na FPO e timings de renovação

O que temos actualmente é um sistema com 3 tipos de inscrição - praticantes de competição, praticantes de aprendizagem e outros agentes conforme regulamentado no artigo 4º. O 2º lote é inexistente pois nunca foi aplicado na prática e não é possível ter praticantes sem EMD válido. Quanto aos outros agentes, deve manter-se esta possibilidade de inscrição.

A ideia de permitir entregar o EMD até uma hora antes da prova gera dificuldades desnecessárias para os clubes organizadores. Deverá passar a contar a situação dos atletas à data do fecho das inscrições, depois reflectida no ficheiro que a FPO envia aos clubes organizadores com o ponto de situação. Esse ficheiro deverá determinar quem é renovado na prova e quem não é, sem possibilidade de alterações em cima da hora. De resto não se alterava mais nada nos timings de inscrição em provas e nos timings de renovação/entrega de EMDs uma vez que isto já foi suficientemente analisado no passado recente e tem actualmente um bom sistema de funcionamento.

Parte 2 - Transferências de atletas

O ponto 5 do artigo 4º refere que um atleta só pode representar um clube durante uma época. Uma vez que agora estamos a fazer épocas diferentes do ano escolar é apresentada a possibilidade de abrir uma janela de transferências entre 1 de Agosto e 30 de Setembro caso haja acordo entre as 3 partes (atleta/clube de saída/clube de destino), e que torne possível haver alterações de clube. A tendência no GT é para considerar que a situação deve ser mantida como actualmente permitindo apenas alterações no início de cada época, mas fica o tema para debate.

Quando temos um atleta a querer mudar de clube temos sempre acordo entre o atleta e o novo clube. Resta saber qual a posição do clube anterior. Até aqui, sempre foi igual que o clube anterior concordasse ou não, desde que o atleta quisesse sair e já tivesse acordo com o futuro clube. A questão que se coloca é: deverá o clube anterior ser compensado pela saída de atletas sem acordo desse clube? A proposta que apresentamos é que deva haver uma indicação no Regulamento de Competições dizendo que tal compensação só deverá ocorrer caso tenha sido contratualizada entre as partes. Ou seja, na Orientação não se fazem contratos de atletas como os seus clubes. Há uma participação normalmente livre de compromisso. Se os clubes quiserem proteger-se deverão ser eles a tomar medidas contratualizando com os seus praticantes regras internas. Isso deverá ser um procedimento acautelado pelos clubes. Assim, mostra-se o caminho para os clubes que queiram estar mais protegidos no relacionamento com os seus atletas, caso os atletas aceitem essas propostas, não impondo nada no Regulamento.

Parte 3 - Preços

Os preços actuais por prova em mapa novo/mapa usado são de dúbia aplicação prática. Por exemplo, porque é que uma revisão que custe 2000€ de um excelente mapa há-de ser penalizada em comparação com um mapa mais fraco (mas novo) que custe 400€, por exemplo? A sugestão é que esta distinção de preços entre provas com mapa novo e sem mapa novo, desapareça e passe a ser aplicado um sistema de preços unicamente assente no tipo de provas (locais, TP nível 2 e TP nível 1).

Sugere-se que as provas locais/de promoção passem a ter preços livres, embora nunca ultrapassando os preços de Taça de Portugal e mediante pedido prévio de autorização à FPO.

Por outro lado deve ser criado um sistema de preços novo para o Circuito Urbano. A sugestão é para que o Circuito Urbano fique com o mesmo valor de inscrição das provas de TP Nível 2.

Para as provas de TP Nível 1 sugere-se a manutenção dos valores e provas de nível 2 com 0,5€ a menos para os federados e 1€ a menos para os não federados. A realização de 2 percursos num dia deve ser mais cara do que actualmente, uma vez que o custo organizativo é praticamente idêntico, embora com um desconto adicional de mais 0,5€ para federados e 1€ para não federados. Assim, a sugestão é de ter um federado adulto num dia de TP 1 a pagar 5€. Um federado adulto num dia TP 2 com um percurso ou circuito urbano ficará por 4,5€ e um federado adulto num dia TP2 com dois percursos paga 8€ (4+4).

Acabar com as cobranças de SI nos escalões de promoção. O acréscimo de preço do aluguer do SI torna difícil a compreensão do preço. É uma medida que deverá ser analisada pela Direcção FPO uma vez que acarretará uma quebra de receitas da Federação mas poderá facilitar a entrada de novos praticantes. Por outro lado há quem assinale que esta ausência de preço de SI torne mais difícil para um não praticante perceber que tem de utilizar um SI cedido pela Federação. Esta medida poderia ser compensada por um aumento do valor de aluguer (em provas no estrangeiro é sempre mais elevado) passando para 2€ por dia para aluguer de SIs, mas só aplicável em escalões de competição.

Criação de descontos para os escalões de promoção 1 e iniciação (10 e 12 anos). Agravamento de preços para a Elite (passando a pagar 6€ por percurso em vez dos 5€ dos restantes escalões).

Proposta para preços promocionais de pares/grupos: Um par paga preço de 1 atleta não federado + 2 € pelo segundo elemento + seguro de 2 elementos (SI oferta da FPO). Grupos pagam preço de 1 atleta não federado + 2 € por cada elemento do grupo para além do 1º + seguros (SI oferta da FPO).

Saudações desportivas,
Luís Santos
Find all posts by this user
Quote this message in a reply
08-24-2011, 02:31 PM
Post: #2
RE: QCN - Sistemas de inscrições (formas, prazos de inscrição e preços)
Viva!

Quando se decidiu pelo actual esquema relativamente ao exame médico foram analisados
imensos cenários de modo a que este ficasse imune a "casos".

Pensaram numa prova que se realize no dia 1 e 2 de um qualquer mês?
Pensaram que um atleta tem o direito de realizar o seu EMD até ao último dia do seu mês
de aniversário?
Não vejo que a retirada de um visto no programa de gestão de provas gere "dificuldades desnecessárias" ao clube organizador.
Especialmente se compararmos com o descalabro de preços diferentes propostos na parte 3.
Isso sim vai gerar dificuldades e muitas vezes o "pânico" no secretariado.

Na data de fecho das inscrições o OASIS deve considerar qual será o estado no atleta no dia da prova e não na data de fecho da inscrição (com a informação disponível à data de fecho das inscrições)!

Realizar 2 provas no mesmo dia dá o mesmo trabalho que organizar em dias diferentes...? e um H21E dá mais despesa que um H35?

É minha opinião que os preços devem ser o mais simples e directos possível.
Os seguros com "cêntimos" não vieram ajudar em nada.

Abraços,
Nuno
Find all posts by this user
Quote this message in a reply
08-30-2011, 03:29 PM
Post: #3
RE: QCN - Sistemas de inscrições (formas, prazos de inscrição e preços)
Olá Nuno, boa tarde.

Compreendo que devemos simplificar o mais possível os preços para facilitar a vida dos organizadores (secretariado principalmente) mas também temos de criar condições para destacar e fomentar a prática desportiva através dos preços. Em suma, o que ficou proposto inclui uma simplificação (acabar com a distinção - mapas novos vs mapas usados) e a criação de preços diferentes em cada tipo de prova - TP nível 1 e nível 2, o que me parece fazer sentido e não ir complicar a vida de ninguém no secretariado - nota que os preços propostos são todos ao euro ou meio euro.

As excepções procuram adequar o preço de participação ao tempo de prova e dimensão de mapa necessário. Para todos os efeitos o esforço empregue para um organizador não é o mesmo quando faz percursos para uma D13 ou quando faz para um HE. Nem a área de mapa necessária para criar o percurso é a mesma. As distinções e os custos de realização de cada um destes escalões existem. Até hoje nunca houve vontade de os diferenciar em termos de preços. Agora fica a proposta para o fazer. Proposta que não é nova, pois em Espanha é aplicada já há alguns anos.

Não escrevi em lado nenhum que organizar 2 provas num dia dá o mesmo trabalho que em dias diferentes (acho eu...), pois a proposta até visa beneficiar em termos de preços quem organiza duas vezes num dia em comparação com o que é feito actualmente.

Quanto aos seguros com cêntimos, subscrevo totalmente. Devia de haver forma de os simplificar, mas isso pode estar a cargo de qualquer clube organizador. Evitar o preço máximo para cobrir o diferencial do preço do seguro para um valor superior e indicar um preço "redondo" com seguro incluído. Portanto, também para isso pode haver solução simples desde que os preços sejam estudados antecipadamente evitando o simples "copy" -> "paste" da prova anterior quando se lançam as informações de cada evento.

Saudações desportivas,
Luís Santos
Find all posts by this user
Quote this message in a reply
Post Reply 


Forum Jump:


Contact Us | OriOasis | Return to Top | Return to Content | Lite (Archive) Mode | RSS Syndication